No início de Janeiro de 2017, a Huawei Consumer Business Group (CBG) revelou as suas expectativas para os resultados da sua performance anual em 2016. A marca prevê uma receita de 178 mil milhões de Renmimbi (RMB) em vendas, mais 42% do que no ano anterior, atingindo assim um crescimento estável pelo quinto ano consecutivo. As exportações de smartphones atingiram 139 milhões de unidades, um crescimento de 29%; Sendo que o aumento das exportações globais de smartphones, de acordo com o IDC, foi apenas de 0.6% em 2016, significa que a Huawei superou o mercado em geral.

Richard Yu, CEO da Huawei Consumer BG, disse que “apesar das condições difíceis do mercado, a Huawei continua a crescer a uma grande velocidade, capaz de liderar a indústria. Acreditamos que estes resultados são fruto da nossa abordagem centrada no consumidor, focada em criar significativas inovações, como também no nosso constante compromisso em construir uma marca premium, reforçando os nossos canais globais e capacidade de serviço. Em 2017, iremos reforçar a nossa rede de fornecedores, bem como I&D e serviços, e outras áreas necessárias para agilizar as nossas operações, a eficiência do processo de tomada de decisão e sua implementação, continuar a nossa estratégia de internacionalização e desenvolver proactivamente ainda mais capacidades no futuro”.

Foco na inovação e liderança nas novas tendências tecnológicas

Enquanto a indústria global de smartphones está a abrandar o seu crescimento incluindo em termos de inovação, a Huawei Consumer BG continua o foco na construção premium dos seus produtos e cria novas tendências, sendo pioneira em desenvolvimentos disruptivos em áreas chave da tecnologia na indústria. Em 2016, a Huawei concentrou-se no desenvolvimento de áreas como o interface EMUI (baseado no Android), tecnologia dupla-lente nas câmaras fotográficas, inteligência artificial, entre outras inovações.